Curta nossa página no facebook

Como funciona o aparelho ortodôntico

Criado em 29/11/2017

Saiba como é um aparelho ortodôntico e para que serve cada peça que o constitui.

Os aparelhos ortodônticos são constituídos de quatro elementos básicos que são braquetes (suportes para a aplicação de forças), fios, tipos de ligaduras e demais acessórios como elásticos, molas, etc. Os braquetes servem como guias para manter o arco no lugar e para mover os dentes em um alinhamento adequado. Os arcos ortodônticos são aqueles fios metálicos que você vê conectados aos braquetes, e que são trocados em média a cada 4 meses, durante todo tratamento. Os fios gradualmente aumentam de tamanho a cada troca. Os arcos precisam estar ligados de alguma forma aos braquetes para que haja a condução da força aplicada ao ligamento periodontal, onde de fato irá acontecer a movimentação do dente por um processo de remodelamento ósseo, (reabsorção e neoformação óssea que acontecem respectivamente nos lados de pressão de tensão). Assim, existem os aparelhos ligados convencionais, que necessitam das “borrachinhas” para fazerem essa ligação, e mais recentemente o aparecimento dos sistemas autoligados que dispensam o uso dessas borrachinhas e fazem o movimento mais eficiente e rápido pela diminuição do atrito e da força aplicada. Finalmente, temos os demais acessórios empregados após as fases iniciais de alinhamento e nivelamento dentário, (trabalho realizado pelos arcos iniciais) e que servem para a adequação da mordida de fato, como o uso de elásticos intermaxilares, molas para o fechamento de espaços, etc.

Voltar
A Sorrile liga para você!